Apresentação

 

    C

onsolidar o Guia de Bases de Dados do Estado do Amazonas, que agora se apresenta, foi, acima de tudo, uma tarefa desafiadora. A informação especializada produzida no estado necessitava, inicialmente, ser identificada e para tal tomou-se por princípio que isso só seria possível a partir do mapeamento das principais instituições que fomentam pesquisa ou que contribuem para tal. Desta forma, selecionou-se quinze instituições que atuam em Manaus, nos mais variados campos do conhecimento e buscou-se conhecer o que elas possuíam de informação especializada sistematizada e disponível para ser consultada.

                   O objetivo do trabalho foi investigar as bases de dados existentes, bem como caracterizar os tipos de informações ofertadas e as condições inerentes à criação, manutenção e acesso visando a disseminação de conhecimento. Para a pesquisa, bases de dados é o conjunto de dados inter-relacionados, organizados, armazenados e acessados de forma a permitir a recuperação e disseminação da informação especializada, podendo possuir o formato referencial (dados bibliográficos, dados catalograficos e dados de diretórios) ou de fontes (base de dados numéricos, dados textuais e numéricos e dados gráficos).

A indústria de produção de informação tem se desenvolvido à margem das revoluções e do crescimento industrial, absorvendo, assim, as suas características marcantes.  A geração de estoques de informação adotou para si os preceitos da produtividade e da técnica como o seu mercado de trabalho. A crescente produção de informação precisa ser reunida e armazenada de forma eficiente, obedecendo a critérios de produtividade na estocagem, ou seja, o maior número de estruturas informacionais deve ser colocado em menor espaço possível dentro de limites da eficácia e custo. Neste processo, são utilizadas as bases de dados como forma de reunir, organizadamente, diversos tipos de informação que, em muitas vezes, são condensadas por áreas do conhecimento. Em se tratando do cenário manauense, pouco se sabia sobre as bases de informação que foram planejadas para atender demandas especializadas. Não se possuía nenhum conhecimento das temáticas que as envolvem, dos tipos de informação que oferecem, do meio como disponibilizam para o usuário interno e externo tendo em vista que são produzidas por instituições onde se efetiva a produção do conhecimento. Deste modo, a criação deste Guia de Bases do Estado do Amazonas, é o resultado da iniciativa do Núcleo de Estudo e Pesquisa em Ciência da informação do Departamento de Biblioteconomia da Universidade Federal do Amazonas em consolidar elementos  que visem integrar a comunidade científica do estado e promover amplamente sua produção de modo a compor com os demais  setores da sociedade soluções que viabilizem o desenvolvimento sustentável da Amazônia.